Antigas Agendas: diários que viraram livros

by - agosto 07, 2020

Olá! Trago mais uma grande reflexão direto dos meus dezessete anos, entre as leituras, os diários e o que contar. Um pouco de tudo em uma época que - pensando hoje - parecia não acontecer nada. As páginas, entretanto, seguiam sempre cheias. 
páginas da agenda de 2000
07 de fevereiro de 2001

Eu estava hoje a pensar sobre os famosos diários que viraram livros e são super vendidos e falados por aí. Ainda não li nenhum. Ou melhor, acho que um, mas não me recordo qual. Já sei! Acho que foi aquele livro do Jostein (Gaarder, Através do Espelho), da garota que tinha uma doença e vivia na cama, escrevendo em seu diário.

Aquela garota supostamente escrevia coisas belíssimas e inteligentíssimas, o que me fez pensar que só escrevo futilidades. Caso resolvessem fazer de algum diário meu um livro, acho que seria vergonhoso. É por isso que, às vezes, procuro escrever coisas mais inteligentes e até, bonitas.

Acho que consigo fazer isso. Mas acho que esse tipo de preocupação é que é ainda mais fútil. É preciso ser eu mesma. 

*neste dia eu assisti Uma Relação Pornográfica (1999), no Iguatemi. O ingresso do cinema está colado na página.

Você também pode gostar

2 Comentários

  1. Amayyy o blog tá cada dia melhor adorei esse post e o dazamiga ❤️

    ResponderExcluir