De primeira viagem, Camila Castro

by - maio 17, 2020

Uma mulher no meio dos 30 anos, entre a pandemia e a chegada do primeiro filho, vive com o marido do outro lado do oceano, em Dublin, na Irlanda. Uma nova série mensal começa agora. Vamos acompanhar de perto e de longe as duas vidas de uma das minhas melhores amigas, Camis.  

mae-de-primeira-viagem

Depois dos 30
por Camila Castro

Aniversário de 34 anos e eis que as palavras da minha ginecologista ressoam em minha mente: 

“melhor engravidar antes dos 35 anos, após essa idade, 
a probabilidade de ter filhos é menor, e a chance da 
criança nascer com alguma doença é maior”.

Sempre quis ser mãe. Enquanto amigas, primas e conhecidas pensavam em casamento que nem as princesas da Disney, uma das coisas que eu tinha certeza que eu queria era ser mãe. Porém, mesmo ao 34 anos, não estou pronta (fisicamente, psicologicamente e qualquer outro mente possível), mas a natureza é cruel (?) com as mulheres e nos dá prazo de validade - mesmo com a tecnologia nos ajudando um pouco.

Bem, de qualquer maneira, no meu aniversário de 34 anos, em Novembro, decidimos tentar engravidar. Porém, com a chegada do ano de 2020, nada ainda e os 35 anos cada vez mais próximos... Começo de março e nada da menstruação descer, uma semana de atraso. Isso não é normal para mim... Sexta-feira, pós-trabalho, corre para a farmácia para comprar teste de gravidez. Chegando em casa, ansiedade a mil para fazer o teste. Corre pro banheiro, faz xixi no potinho, coloca o palito do teste no potinho e espera. Na bula diz que tem que esperar até 5 minutos para verificar o resultado. O tempo deve ter parado, de tão devagar que passou eolha que são só uns minutinhos! Mas, eis que antes de fechar os 5, começa a aparecer o resultado e 2 retas... POSITIVO! Baby bump! Primeira batalha vencida, engravidar antes dos 35 anos! É uma grande felicidade descobrir a gravidez, mas junto com isso, também chegou o Coronavírus, fechando o país que moro, Irlanda. Tantas incertezas do futuro - onde normalmente seria apenas da maternidade, agora é da vida como um todo.

E agora, Bial?? Cenas dos próximos capítulos...

***
Quem escreve
Camila Castro (Cam, Camy, Camis, Camilinha) é engenheira de produção e vive com o marido e o futuro bebê em Dublin, na Irlanda. Potiguar, morre de saudades do calor nordestino, das comidas e dos amigos de todos os lugares, mas encontrou seu cantinho no mundo para tocar a vida com mais tranquilidade. Você a encontra no linkedin e no facebook. Fala com ela!

Você também pode gostar

0 Comentários