Arrepio, por Samara Maultasch

by - abril 20, 2020



Eu aqui
Toda aberta pra você
De pelos arrepiados
Disposta a te aceitar
Mesmo sabendo
Que você no fundo
Vai me machucar.
Você nem aí
Ignora meus soluços
Faz-me apertar o buço
E nem me olha na cara.
Segue assim:
Só quer arrancar
Essa parte de mim
Como faz essa moça
Agora a me depilar.

***
Quem escreve
Oi, sou a Samara. Carioca morando em Barcelona. Não vivo sem mate, suco de maracujá, praia e corrida. Tô sempre a 220v, embalada em samba e versos. Adoro diálogos. Fala comigo.

Posts Relacionados

2 comentários

  1. Adorei! Final surpreendente :) Ahn, lembrei montes da depiladora que eu tinha na adolescência, que era A carniceira, e como sofri na mão dela pra depois sair com uns caras bostas que com certeza não valiam um terço daquela tortura e daquele dinheiro gasto :P

    ResponderExcluir
  2. Afinal de contas é o buço a área desejosa de todo verso

    ResponderExcluir